segunda-feira, 6 de abril de 2015

O que ví no Uruguai, parte 1

Depois de passar Natal, Ano Novo e carnaval embarcado chega em fim o descanso do guerreiro vindo as férias então no mês de março e início de abril.Como planejado parti para o Uruguai para ficar  9 dias com um roteiro mais ou menos definido e munido de boas informações, voamos então eu e a esposa, infectada pelo vírus das compras achando que ia comprar horrores (rsrsrsr !!!).Como nem tudo é só trabalho compartilharei um pouco do que ví por lá, caso algum leitor voê para lá, aqui tem algumas informações úteis com certeza.
Falando de câmbio e grana faça o câmbio em Montevideo onde são melhores as cotações, o real estava batendo $7,40 a $7,50 pesos uruguaios  logo R$100,00 são $750,00 pesos e aí o colega leitor acha que vai ficar cheio da grana no Uruguai (!!!), enganou-se pois a moeda deles é fraca e tudo em média custa muito caro, lanches simples que comemos lá batia uns $600,00 a $900,00 pesos. Itens importados estão com preços em dólar, este cenário  inclui os hotéis (diárias e cardápio) e nossos colegas uruguaios sofrem com a força do dólar, portanto pensar em compras por lá no momento não é tão favorável !
Ainda sobre dinheiro meu conselho é comprar uns $1500,00 pesos aqui no Brasil, e lá trocar o resto dos seus R$ , dólar se levar use-o como dólar aproveitando a força das doletas foi esta a fórmula que usei.Em Punta o dólar e o real são aceitos e este período lá é baixa temporada, menos badalação e melhores preços !
O Uruguai tem uma população pequena com cerca de 3 milhões e meio de habitantes e taxa de natalidade racional, analfabetismo quase zero, percebi um povo tranquilo e muito educado.Usei transporte público, andei muito a pé e nem um momento me senti incomodado ou em situação que comprometesse minha segurança.
Montevideo é belíssima mesclando arquitetura nova e antiga, muito verde, shoppings sem nada de absurdo, perdem feio para os de SP e RJ, na minha opnião não são o melhor programa e é melhor passear à pé ou de bicicleta tirando boas fotos em uma capital que é um convite a todos segmentos de fotografia, capriche no equipamento e divirta-se !
Existem muitos sites e blogs de viagens com posts sobre o Uruguai, mas as vezes as informações não estão tão atualizadas e este é o objetivo deste post , no resto compartilho algumas fotos abaixo de Montevideo e Punta, se tivesse tido mais tempo teria ficado uns 2 dias em Colônia, 3 dias na região oceânica e mais 3 dias na imperdível região termal totalizando 16 dias aí teria sido ideal.... fica para próxima com mais tempo e dinheiro....rsrs !!!



(Point obrigatório para um click !)








(Transatlântico fundeado próximo ao porto de Punta Del Leste)





(Que preguiça boa rs rs !)


(De boa na água, lindos vê -los assim livres !)


As férias acabaram e a grana também, volto para o mar para novos embarques...confiram os demais posts sobre o Uruguai espero que sejam úteisl em seus futuros roteiros de viagens !!!

O que ví no Uruguai, parte 2

Bate e volta na Argentina via BuqueBus....

Não poderia perder a oportunidade de ir até Buenos Aires, até por quê minha companheira estava triste com os preços proibitivos no Uruguai, então lá fomos nós, ela contaminada com o vírus das compras (sempre as compras ai ai !!!) e eu com o da fotografia e afim de um bom vinho e almoço em Puerto Madero (imperdível !).
Partimos de Colônia Del Sacramento na madruga de domingo para segunda, embarcamos no Buque Eládia Isabel que sai as 04:00  e chega em Buenos Aires amanhecendo em um nascer do sol frio e muito bonito que valeu muitíssimo, a travessia demora umas 3 horas com navegação muito suave e sonolenta live a board caído com suco Del Valle e um mini croissant rsrsrs !!!
No Buque tem free shop (preços em doletas !) e nova decepção da minha esposa devido aos preços estarem altos (dólar alto quer o quê ?), mas curtimos a viagem num clima de romance, chegando em Buenos Aires nos deparamos com um tal feriado na 2ª e 3ª feira que nem me lembro do que era e isso nos atrapalhou pois muito do comércio estava fechado e abriu muito tarde.Senti um clima triste entre os argentinos devido a crise que eles atravessam, nossa moeda estava batendo $3.40 pesos argentinos (logo R$100,00 = $340,00 etc...) e passeamos pelo centro, zoológico indo de metrô que tem uma malha metroviária de envergonhar o carioca e outros brasileiros, muito extensa as linha de metrô deles !
Retornamos para o Uruguai no início da noite pois o tal feriado iria nos atrapalhar no dia seguinte também, câmbio não estava bom e optamos por não pernoitar em B.Aires, embarcamos em um Buque rápido para Colônia chegando no Uruguai umas 21:30 !
Meu conselho é voar para a Argentina e depois atravessar via BuqueBus para o Uruguai fazendo então o seu roteiro previsto para aquele país, acredito que esse bate e volta é cansativo e o ideal para conhecer os dois países bem seriam em torno de 5 dias em cada país, isso é claro depende do binômio tempo x grana eu sei....mas fica a dica !
Compartilho um pouco das fotos, não deixem de ir a Puerto Madero, Villa Crespo , Tigres, em fim muito local maneiro para ver próximo a B.Aires....mas o tal feriado nos atrasou...fotos abaixo....mega ABRAÇOS !!!




(Travessia Uruguai x Argentina )





(Busão argentino )


 ( Trânsito morto devido aos feriados )



(cidade acordando )


(Olha eu aí aguardando as lojas, minha fotografa estava impaciente rsrs !)



(trens antigos porém com boas opções de linhas !)



(Belas lojas e arquitetura )




(Lindas torres)




(Será que o porto Maravilha no RJ ficará assim ?)


(Puerto Madero, boa comida e ambiente !!!)





O que ví no Uruguai parte 3

Para os auto entusiastas, como eu !


Andar de carro no Uruguai é uma tranquilidade e qualquer pessoa  em dia com o rítmo de trânsito das capitais brasileiras roda fácil por lá, usando a nossa CNH apenas, em um trânsito bom com asfalto show em Montevidéo inclusive !
A frota uruguaia tem tudo que roda por aqui e mais um monte de outros veículos de outras montadoras que não estão ou não vendem no Brasil, chamando me atenção alguns utilitários, muitos Celtas VHC, o ridículo Cherry QQ e  muitos carros antigos que estão muito bem de manutenção ou em estado péssimo.É aí que vemos o "abismo" entre os uruguaios que podem comprar veículos novos (vendidos em US$) e os que tem que se virar mantendo os velhinhos dos anos 70, 80, 90  rodando ....moral da história... quem tem carro à partir de 2005 lá tá bem na fita !!!
Transporte público é fácil, preço das passagens variados entre $24 e $38 pesos para os ônibus que rodam na cidade é fácil usa-lôs, para mais longe partem do terminal Tres Cruses com preços batendo $200 a $300 pesos ou mais dependendo da região que se quer chegar.Punta Del Leste sem carro vai sofrer, alugue e não vá à pé ok !
Os táxis são uma mistureba  danada, novos e velhos com cabine protegendo o taxista, mas os do aeroporto tem frota nova com Mercedes station wagon e Toyota Corolla, corrida do aeroporto de Carrasco para a região do shopping Montevidéo onde ficava o hotel em que me hospedei deu $940,00 pesos uruguaios, valor fixo, só para dar uma noção de preço a quem for para lá nessa época.
Nas vias expressas (denominadas de Ramblas) o trânsito flui muito bem e nas estradas é um capítulo à parte, o Uruguai é pequeno e com 7 a 8 horas de estrada cobre-se bem o país, fui a Punta de Leste e Colônia numa boa, asfalto top com pedágios pagos em peso uruguaio ($65,00) ou em reais (R$7,40) mas não aceitam moedas (!!!), velocidades variando de 60 Km/h nos trechos urbanos a 110 Km/h com poucos trechos com radar.Mas a polícia rodoviária de lá ( Polícia Caminera) usa a pistola radar em alguns trechos, cuidado então !
Aluguei então um humilde chevrolet Spark 1.0 ( tinha AR e VE) e parti para estrada, na ida para Punta percebi no retrovisor dois bólidos vindo muiiiiitttooo rápido, era um SLK 230 compressor mais um amiguinho de Corvette rodando de boa (!!!)..fazer o quê (rsrsr) na direita estava e fiquei, parecia que estava a 60 km/h e esses caras estavam no mínimo a uns 220 Km/h facinho, fora um Hammer e um Porsche que também passaram batidos !!!
Mostro abaixo algumas fotos para os amantes automotivos como eu.....percebam a qualidade do piso em que eles rodam por lá, espero que gostem !


(Trânsito No Stress !!!)


(Passat, me senti de volta aos anos 80 rsrsrsr )


 (Ramblas, vias expressas)


(Fusca, sempre tem e este estava maneiro !)


( Corsinha )


(Maneiro esse Suzuki 1.4)



(Marajó das antigas, essa nem rodou por aqui !)


(Olha eu aí , meu Livina 1.8 SL fez muiiiita falta lá !!!)

E foi isso, férias rápidas, ficou um gosto de quero mais de um país onde se roda bem em locais seguros e com pessoas educadas !!!

Logística de transporte

As vésperas de mais uma justa greve de caminhoneiros o Brasil volta a falar das esquecidas ferrovias e de projetos engavetados, exemplo recente foi uma matéria no JN da Globo falando sobre projetos e um estudo que indica que o transporte rodoviário transporta 52,5% de tudo que o país produz ou importa !
Aí surgiu a inspiração para postar o vídeo abaixo que mostra um trem de carga de alta performance, aliás, lanço um desafio aos 3 primeiros comentários sobre o vídeo que informem o número de conteiners transportados, ganharão um brinde surpresa !!!



video

Em país decente os processos funcionam assim, simples !!!

Empregos e vagas on e offshore 2015 / post 3

Fala pessoal, segunda combina com caçada ao emprego, eu demoro atualizar mas nunca abandono ...então boa sorte, confiram as vagas abaixo:


VAGA 1: Técnico de segurança do Trabalho

  • 02 vagas para Niteroi / S.Gonçalo (RJ);
  • Registro no MTE
  • Toda rotina inerente ao cargo com mínimo de 1 ano de experiência em CTPS;
  • Salário R$2250,00 + pacote de benefícios e plano de carreira;
  •  CV no CORPO DO EMAIL p/ rhconsultrj@gmail.com



VAGA 2: Vigia de espaço confinado (URGENTE)

  • 20 vagas em trabalho temporário de 15 a 20 dias;
  • Turnos 07:00 as 19:00 e 19:00 às 07:00;
  • Curso de espaço confinado (NR-33) dentro da validade de 12 meses;
  • Experiência na função e maior de 18 anos;
  • Adicional noturno, periculosidade, hora extra fim de semana;
  • Alimentação e hospedagem;
  • CV p/ diretoriasafety@hotmail.com
VAGA 3: Auxiliar de movimentação de carga

  • Empresa BSM Base  Macaé / RJ
  • 10 vagas;
  • Ensino médio completo;
  • Curso de movimentação de carga;
  • CV p/ curriculos@bsm.com.br informando no assunto o título da vaga

VAGA 4: Soldador

  • 03 vagas processos MIG, TIG e STICK
  • CBSP, HUET e NR-35 em dia;
  • CV p/ recrutamento@harrispye.com
VAGA 5: Assitente técnico administrativo

  • Empresa Líder Aviação Base Macaé / RJ
  • Ensino médio completo ou superior cursando;
  • Inglês intermediário (oral e escrita);
  • Controle de documentação técnica;
  • Residir em Macaé ou Rio das Ostras;
  • Disponibilidade para viagens;
  • Horário de 08:00 às 18:00
  • CV c/ pretenção salarial para eliane.correa@lideraviacao.com.br

VAGA 6: Técnico de Segurança do Trabalho

  • 03 vagas com experiência mínima de 1 ano de embarque;
  • Certificado do curso técnico e o Registro no MTE;
  • CBSP em dia;
  • CV p/ recrutamento@csemil.com.br

segunda-feira, 2 de março de 2015

Empregos e vagas offshore 2015 / post. 2

Março chegando e aqui o Blog inicia o mês com mais um post  de vagas, pacotão para ajudar geral que está na seca (!!!) caçando uma oportunidade...confiram abaixo:

 VAGA 1: Técnico de serviços (on shore)

  • Técnico em mecânica ou similar com o respectivo reg. no CREA;
  • Conhecimento em inspeção de acessórios de movimentação de carga; 
  • Normas técnicas relacionadas a cabos de aço, ponte rolante, guindastes .....
  • Qualificação e certificação de END em LP e PM imprescindível;
  • Inglês avançado
  • Residir próximo de Macaé ou Rio das Ostras / RJ
  • CV p / rh@flukeengenharia.com.br ou daniellevianna@flukesubsea.com.br 

VAGA 2: Técnico de planejamento II

  • Ensino máedio técnico com CREA ou CRA;
  • Local Macaé / RJ;
  • Experiância de 2 anos como técnico de planejamento;
  • Domínio de SAP, emitir RT de pessoal e material;
  • Salário + VR + VT + PS e OD + Cesta básica
  • CV p / recrutamentoeseleção2016@gmail.com
VAGA 3: Assistente administrativo

  • Ensino médio completo, com domínio do software Navision;
  • 1 ano de experiência em compras;
  • Salário R$1500,00 mais benefícios;
  • CV  p/ recrutamentomacae@delcostarh.com.br , indicando no campo assunto a vaga desejada.


VAGA 4: Auxiliar de manutenção offshore (Hotelaria)

  • Ensino fundamental completo;
  • Minimo de 2 anos de experiência em manutenção de mobiliários, fechaduras, instalações hidrosanitárias e reparos de pequeno porte em alojamentos;
  • CV p/ recrutamento@globalcatering.com.br mencionando o cargo pretendido no campo assunto
Vaga 5: Estoquista 

  • Ensino médio completo;
  • Dominio de informática para operar software de controle de estoque;
  • Recebimento e controle de produtos;
  • Auxiliar na entrega de materiais mediante requisição;
  • Realizar inventário de materiais
  • CV p/ recrutamento@globalcatering.com.br mencionando o cargo pretendido no campo assunto
Vaga 6: Rig Mechanic

  • Acting Solutions Consultoria
  • Multinacional de serviços offshore;
  • Cinco vagas (5) com inglês avançado;
  • Manutenção preventiva e corretiva de equipamentos NOV
  • Escala 14 x 14, regime CLT
  • CREA Ativo;
  • Mínimo 5 anos de experiência como Mecânico Offshore;
  • CV para actingrecruiting@gmail.com (com o assunto Rig Machanic ) 

Vaga 7: Driller

  • Acting Solutions Consultoria
  • Multinacional de serviços offshore;
  • Cinco vagas (5) com inglês avançado;
  • Operações de perfuração (Sonda convencional de 3ª geração / equipamentos NOV );
  • Regime CLT
  • Mínimo de 5 anos de experiência como Driller 
  • Experiência em sondas manuais;
  • CV para actingrecruiting@gmail.com (com o assunto Driller ) 


Mega...ultra boa sorte !!!

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Empregos e vagas offshore 2015 / post. 1

Para descolar um trabalho on ou offshore, ainda que o carnaval esteja em cima, muito foco e um pouco de sorte ajudam...confiram o primeiro pack de vagas do Blog neste ano:

VAGA 1: Técnico em mecânica

  • Formação técnica em mecânica com CREA ativo
  • LP e PM ABENDI
  • Executará serviços de manutenção em equipamentos de movimentação de carga.
  • Experiência com teste de carga e normas específicas de certificação
  • Inglês intermédiário
  • CV p/    rh@flukeengenharia.com.br  com o assunto o título da vaga

VAGA 2: Técnico em segurança do trabalho (Macaé / RJ )


  • Curso completo com registro no MTE
  • Residir em Macaé
  • Experiência em obras civis
  • Curso de NR-35
  • Salário R$2700,00 + VT + VR + café no local
  • CV P/ zaila.rh@hotmail.com , com cv anexado PDF.
VAGA 3: 1º ON (FULL DP)

  • FULL DP
  • Experiência e documentação em dia
  • Inglês fluente
  • CV P/ amanda.pereira@galáxia maritima.com.br

VAGA 4: Guindasteiro  (SPARROW 3) e Guinadsteiro nível 2

  • Operadora multinacional do segmento de óleo & gás
  • Experiência na função para ambas as posições
  • CV P/ luana.legname@aldeia.com

VAGA 5: Control room operator

  • Empresa multinacional
  • Experiência em FPSO
  • Inglês avançado
  • Preferência candidatos do RJ ou ES.
  • CV P/ luana.legname@aldeia.com


Lembrando que o Blog repassa as vagas que tem haver com o perfil relacionado com a indústria de óleo & gás, naval e offshore.No pós carnaval teremos uma melhora no cenário das vagas...acredito ..com muita fé !!!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Trabalho offshore 2015 / PT 3

Relações pessoais no meio offshore


Chegamos a 3ª parte sobre trabalho offshore, falaremos sobre pessoas que são o componente fundamental e mais importante no funcionamento de uma unidade ou embarcação.Primeira dica fundamental é se não está fazendo muitos amigos pelo menos não faça inimigos, é complicado a convivência com pessoas de diferentes cultura , formação, nacionalidades, religião e valores, são muitas variáveis....mas NÃO faça inimigos ok !
Mencionei a "técnica da empresa satélite" se gostou e fará uso boa sorte, mas a "técnica do silêncio" é importante aliada, pois ser contrato por uma empresa e falar que tem interesse em outra na qual o seu atual contratante é prestador de serviço é atestado de burrice.Então boca fechada, aprenda e ganhe experiência que sua hora vai chegar !!!
Muita história se ouve de pessoas que embarcam, 90 % é historinha e "pagação de mistério" e quando acontece uma emergência real estes são os primeiros a correr e entrar em pânico.A maioria dos embarques ocorrem sem alteração, fruto de disciplina na busca do "zero" acidente com todos sabendo o que fazer em suas funções e o embarque ocorre tranquilo sem anormalidades, o trabalho offshore hoje é muito mais seguro e com muitas ferramentas de controle e prevenção de acidentes.
As emergências podem acontecer e por isso são importantes os simulados à bordo e treinamentos em terra que podem ocorrer quando empresa solicita e encaminha as equipes para realizarem na folga um ou outro curso.Embora sejam remunerados, as vezes, fica cansativo realizar um curso na folga mas isso reflete em melhor segurança e produtividade à bordo, não reclame e faça seu curso se for convocado durante a folga, não entre em pilha errada de gente que vive reclamando !
Se já estiver finalmente próximo de embarcar entenda que existe uma hierarquia à bordo mas até o mais novo trainee que chegou lá antes de você tem algo a lhe ensinar, respeite todos pois todos são importantes indenpendente de sua função à bordo.Dedique-se a aprender, ouvir e participar das atividades, seja prestativo (não "baba" ovo !) mesmo em funções que não são relacionadas com a sua, mas cuidado com os acidentes e desvio de função !
Dica importantíssima, falei sobre historinhas, cuidado com que lhe falam e o que você traz para a terra, proteja as informações de sua empresa, cuidado com as redes sociais.Pegando meu exemplo, sou blogueiro, mas não exponho a empresa da qual faço parte ou compartilho informações ou expeculações em meu blog ou redes sociais, fiquem atentos pois é mais uma rota para perder o emprego fácil ...fácil !!!
Por último e não menos importante, se não está saudável providencie regularizar sua saúde em geral (peso, hipertensão, diabetes, tabagismo), além de dificultar uma contratação pode resultar em um desembarque de emergência devido a problemas de saúde e isso vai "queimar o seu filme" literalmente pois a empresa fica na dúvida se pode contar com você  no embarque seguinte, realmente.Mantenha a disciplina durante toda a sua folga, se você se machucar na "pelada " do fim de semana e ficar sem poder embarcar ?
Para quem já embarca acredito que a série destes 3 posts não tenha ajudado muito, pois algumas coisas são óbvias até no ambiente on shore, mas os posts foram para ajudar a quem está na luta para embarcar, assim como as vagas que sempre são publicadas por aqui !
Desejo um 2015 de "mar calmo" para todos nós e tenhamos fé que após toda a tempestade  o bom tempo chega e nosso mercado offshore continue como boa opção de emprego para quem deseja fazer carreira, juntar uma grana e depois sair fora, em fim que todos possamos trabalhar tranquilo e mantermos nossos planos e objetivos pessoais e familiares em curso !
Eu sou Fábio Cabral e esse é o MUNDO NAVAL E OFFSHORE ....um super abraço !

Trabalho offshore 2015 / PT 2.

Escalas de serviço no meio offshore



Seguimos com a 2ª parte sobre trabalho offshore, uma série de 3 posts para ajudar os colegas que necessitam de informações para conseguirem seu primeiro embarque.
Eis um tema de grande importância a se considerar para quem pretende embarcar e também a porta aberta para a desistência, indisciplina e como consequência a perda do emprego.Logo independente da escala, a qual explico melhor logo abaixo para os leigos, todos devem respeitar sua escala de serviço sem "armações" ,"histórinha tristes", em fim vida de embarcado inclui passar datas importantes no mar, não estar perto da família durante momentos difíceis ou alegres, é FATO !
Reflitam sobre o exposto acima e vamos as escalas as quais explico as mais comuns que são o 14 x 14 (14 dias no mar e 14 dias em terra ) uma escala que passa muito rápido e as vezes te complica, 28 x 28 (escala comum aos marítimos ), 45 x 45 (escala sinistra comum em FPSO ), 14 x 21 (comum para o pessoal BR ) é o sonho dos terceirizados.Em fim são estas as escalas mais comuns, mas existem escalas sinistras como a 3 x 1 ( 3 meses no mar e 1 mês em terra !!! ) , por aí vai, depende da função, empresa ou unidade (sonda, navio, FPSO, etc...) !
Em algum momento seja qual for a escala, ela pode te favorecer ou lhe estressar, na de 14 x 14 por exemplo quase sempre coisas ficam pendentes a resolver em terra, a família tem que ser esperta e resolver seus problemas sem você em casa.E muita parceria é importante para que fatos não deixem o embarcado desesperado, apesar das redes sociais !!!
Importante considerar que ninguém é obrigado a ficar embarcado dependendo do que acontecer, mas não se desembarca de imediato e existe toda uma lógistica que depende muito da metereologia e do motivo pelo qual a pessoa alega querer desembarcar.Portanto "surtos" e frescuras não combinam com a atividade offshore, resolva seus problemas durante sua folga em terra e deixe-os lá, não traga seu problemas para bordo,pois muitos perdem seus empregos de forma rápida, devido a problemas pessoais que atrapalham seu rendimento durante o embarque....ninguém é insubstituível, guarde esta frase !
Em condições normais falando sobre desembarque ( oba volta pra casa !) eu mencionei a metereologia, é um dos fatores que pesa muito para quem desembarca / embarca por vôo e muitas vezes a aeronave que vai te levar pra casa é cancelada.O jeito é colocar o macacão e retomar o turno parceiro...sem frescura e abraçar a missão por quê vôo só no dia seguinte, talvez !
Outro tipo de embarque / desembarque é o de alguns navios ( como o que eu embarco atualmente) o desembarque é no porto ou fundeio, ou seja, não dependemos de helicóptero para a troca de turma.É calculado o tempo de retorno e a logística para o porto que tem vaga e então as equipes passam serviço na data certa do desembarque, alguns estresses são normais mas é melhor do que vôo cancelado rsrsrs !!!
Nos vemos na parte 3 , aguardo perguntas, posto o restante do tema ainda hoje....abs !!

Trabalho offshore 2015 / PT. 1

Como trabalhar embarcado ?

 

Este é o primeiro post falando sobre o tema a qual recebo inúmeras perguntas e que tem até E-Book na web sendo vendido falando sobre como proceder para conseguir o tão sonhado primeiro embarque, mas aqui dividido em 3 posts, os colegas receberão uma ajuda gratuita, retomando com força o Blog em 2015 !
Em primeiro plano analisamos o mercado neste início de 2015, nos deparamos com um cenário de  "mar agitado" e ruin para a atividade offshore devido aos problemas de corrupção com a Petrobrás (um dia a casa ia cair e caiu !!!) e o cenário do petróleo no mundo com preços baixos para o "ouro negro".Existem barcos sem serviço, sondas de perfuração retornando para seus países ( diária média de USD 600.000,00 !!!), contratos que estavam certo de renovarem talvez não renovem ou se renovarem serão por preços menores e com características que não sejam vantagem para as empresas que atuam nestes contratos que em média tem duração de 2 anos podendo renovar por mais 2 !
Com muita fé e esperança o amigo (a) que tem por objetivo profissional a atividade offshore (toda a atividade relacionada com exploração e produção de petróleo ) deve fazer a sua parte que é a qualificação.Nem todo mundo será engenheiro, geólogo ou oceanógrafo, mas é possível direcionar-se para profissões técnicas ou  a área marítima (Marinha Mercante ) e é essa a primeira dica que o colega deve pensar, analisando cada atividade, salários e sua real aptidão para a atividade !
Não podemos deixar de pensar nas áreas de manutenção destas unidades que são realizadas pelo pessoal de mêcanica, elétrica, soldagem, pintura, acesso por corda e mergulho profissional, rádio operador, hotelaria, elevação de carga, em fim são muitas funções a se considerar dependendo da identificação profissional de cada um !
A segunda dica, após definir seu objetivo inicial procure "todo" o universo relacionado a sua atividade escolhida,  fazendo contato com pessoas, conhecendo as empresas, estudando profundamente a atividade em sí.
Terceira dica é a "técnica da empresa satélite", ou seja, empresas ou micro - empresas que não necessariamente são offshore mas possuem relacionamento profissional sendo fornecedores de bens e serviços para as empresas que realmente são seu objetivo profissional, estas empresas são chamadas de "satélite" pois estão na "óbita" das empresas grandes e multinacionais do ramos.Inclua estas empresas em seu estudo de mercado, pode ser mais fácil uma colocação e futuramente uma oportunidade de  "transbordo" para uma empresa offshore pode surgir através de uma empresa "satélite".
Quarta dica, me perguntam sempre (!!!), se o CBSP ( antigo salvatagem) é um bom investimento eu afirmo que SIM, considerando sua validade de 5 anos, se o colega tem uma grana sobrando e tem qualificação vale fazer.Pois hoje muitas empresas recrutam com o CBSP em dia, logo quem não tem está em desvantagem em um processo seletivo ! 
Por último, o idioma inglês FLUENTE, fundamental para qualquer profissional e é o "up grade" para qualquer carreira, portanto se vira e dá um jeito de estudar e dominar o inglês ok !!!
Não deixem de ler a 2ª parte que coloco no ar ainda hoje...mega abraço !!!